Produtos no carrinho

Blog

Written by Guilherme

Os 25 lançamentos mais aguardados de 2020

Novidades prometem aquecer o mercado brasileiro em diversos segmentos, incluindo a crescente categoria dos SUVs

Se 2019 ficou marcado pela renovação completa de competidores importantes no mercado, como Toyota Corolla, Hyundai HB20 e Chevrolet Onix, 2020 terá outra onda de lançamentos que prometem aquecer ainda mais essa disputa. Há novidades nos segmentos de SUVs, hatches, picapes, monovolumes e sedãs, em diversas faixas de preço. Entre os mais aguardados estão as novas gerações de Honda Fit, Peugeot 208 e Fiat Strada, além da estreia dos Volkswagen Nivus e Tarek. Dividimos os lançamentos em quatro diferentes categorias – modelo inédito, nova geração, reestilização e nova versão – e apontamos o período do ano previsto para a estreia, além dos preços estimados de cada um deles. Boa leitura e feliz 2020!

Audi Q3 Sportback

Após a chegada da segunda geração do Q3 (prevista para março), no segundo semestre será a vez da estreia do inédito Q3 Sportback. A traseira com inclinação mais acentuada do teto deixa o visual mais esportivo – a altura total foi reduzida em 30 mm. Pela proposta, a escolha da Audi deverá recair sobre o motor 2.0 TFSI de 230 cv e 35,7 kgfm. O câmbio é o S tronic de 7 marchas e a tração, integral quattro. Dados de fábrica apontam aceleração de zero a 100 km/h em 6s5 e máxima de 233 km/h.

O que é? Modelo inédito
Quando chega? Segundo semestre
Quanto vai custar? R$ 230 mil (estimado)

Audi Q7

O Q8 foi a inspiração para a reestilização da segunda geração do Q7, prevista para chegar no final do primeiro semestre. A grade passou a ser do tipo octagonal, os faróis ganharam recortes irregulares e as lanternas ficaram mais afiladas. A maior mudança aconteceu na cabine, com redesenho de todo o painel e console para o reposicionamento da central multimídia. Hoje com 333 cv e 44,9 kgm, o motor 3.0 V6 a gasolina do Q7 passará a ter o mesmo rendimento do Q8, com 340 cv e 51 kgfm. O câmbio é automático de oito marchas e a tração, integral quattro.

O que é? Reestilização
Quando chega? Primeiro semestre
Quanto vai custar? R$ 450 mil (estimado)

Audi RS 6 Avant

A perua mais rápida do mundo deverá ser uma das estrelas da Audi no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro. A RS 6 Avant traz sob o capô o motor 4.0 TFSI biturbo, com assustadores 600 cv e 81,5 kgfm de torque – a geração anterior entregava 560 cv e 76,5 kgfm. Para lidar com o torque elevado, o câmbio é automático de oito marchas. De acordo com a fabricante, o superesportivo é capaz de acelerar de zero a 100 km/h em 3s6 e chegar aos 200 km/h em 12 segundos! Um pacote opcional permite remover todos os limitadores de velocidade máxima, o que faz a RS 6 alcançar 305 km/h.

O que é? Nova geração
Quando chega? Novembro
Quanto vai custar? R$ 680 mil (estimado)

Audi e-tron

O primeiro SUV elétrico da Audi já está em pré-venda no Brasil e terá as primeiras unidades entregues em maio. São duas versões: Performance (R$ 459.990) e Performance Black (R$ 499.990). Ambas trazem dois motores elétricos que, juntos, geram 408 cv e levam o utilitário esportivo de zero a 100 km/h em 5s7. A autonomia no ciclo WLTP é de 417 quilômetros. Um dos opcionais de destaque do e-tron será o conjunto que substitui os espelhos retrovisores convencionais por câmeras, ainda sem preço revelado.

O que é? Modelo inédito
Quando chega? Maio
Quanto vai custar? R$ 459.990

BMW Série 2 Gran Coupé

O Série 2 Gran Coupe é a versão estilo “cupê de quatro portas” do novo Série 1. O modelo foi feito para concorrer com o Mercedes-Benz CLA e também com o Classe A Sedan. O BMW possui 4,53 metros de comprimento e 2,67 m de distância entre eixos, enquanto o CLA mede 4,69 e 2,73 m, na mesma ordem. O modelo possui opções de motor 1.5 de 140 cv, 2.0 de 231 cv e 2.0 de 306 cv.

O que é? Modelo inédito
Quando chega? Segundo semestre
Quanto vai custar? R$ 210 mil (estimado)

Caoa Chery Tiggo 8

Mostrado no Salão de São Paulo de 2018, o Caoa Chery Tiggo 8 será o maior SUV da marca. Com sete lugares e 4,70 metros de comprimento, ele irá ocupar a faixa entre R$ 140 mil e R$ 150 mil, onde estão Peugeot 3008 e Volkswagen Tiguan Allspace. O motor deverá ser o 1.6 turbo do modelo chinês, que rende 200 cv. Por aqui, entretanto, ele será convertido para o sistema flex. O câmbio será o robotizado de dupla embreagem e seis marchas. Produção será em Anápolis (GO), ao lado de Tiggo 5X e Tiggo 7.

O que é? Modelo inédito
Quando chega? Primeiro semestre
Quanto vai custar? R$ 140 mil (estimado)

Caoa Chery Arrizo 6

A missão do Caoa Chery Arrizo 6 não será nada fácil: tentar um lugar ao sol no segmento dos sedãs médios, liderado por larga margem pelo Toyota Corolla. O modelo possui 4,71 metros de comprimento, 1,82 m de largura, 1,49 m de altura e 2,67 m de distância entre eixos. O conjunto mecânico ainda é desconhecido, mas a tendência é que ele adote o mesmo 1.5 turbo de 150 cv do Arrizo 5 e de Tiggo 5X e Tiggo 7. Preços devem começar na casa de R$ 90 mil.

O que é? Modelo inédito
Quando chega? Segundo semestre
Quanto vai custar? R$ 90 mil (estimado)

Caoa Chery Exeed LX

O Exeed LX é um SUV de luxo feito na China na mesma plataforma do Tiggo 7. O modelo já foi registrado pela Caoa Chery no Brasil e possui 4,53 m de comprimento, 1,85 m de largura e 1,70 m de altura. Na cabine, o LX em nada lembra o modelo já produzido no Brasil. O painel traz duas telas de 12,3 polegadas, que fazem as vezes de quadro de instrumentos e central multimídia, exatamente como nos Mercedes-Benz mais recentes. O acabamento aposta ainda em uso massivo de madeira e couro natural. O modelo deverá utilizar o mesmo 1.6 turbo do Tiggo 8, com 200 cv.

O que é? Modelo inédito
Quando chega? Último trimestre
Quanto vai custar? R$ 160 mil (estimado)

Chevrolet Tracker

Após a chegada da nova família Onix (hatch e sedã), o Tracker será o terceiro produto da plataforma GEM (Global Emerging Markets). As medidas externas são bem próximas da geração atual: 4,27 m de comprimento (1,2 cm mais longo), 1,79 m de largura (1,4 cm mais largo), 1,60 m de altura e distância entre eixos de 2,57 m (1,5 cm maior). O modelo irá adotar o mesmo 1.0 de 116 cv do Onix, além de um inédito 1.2 de 140 cv (mesma potência do atual 1.4 Ecotec). Porém, ao contrário deste, o 1.2 terá injeção indireta – como ocorre no 1.0. As opções de câmbio serão manual de seis marchas (1.0) e automático de seis (1.0 e 1.2). Lista de equipamentos deverá ter sistema de estacionamento automático, monitoramento de pontos cegos e multimídia com wi-fi integrado. Preços devem partir de R$ 80 mil e chegar a R$ 110 mil.

O que é? Nova geração
Quando chega? Primeiro trimestre
Quanto vai custar? R$ 80 mil (estimado)

Chevrolet Onix RS

A Chevrolet prepara uma inédita versão esportiva na gama Onix. Chamado de RS, o hatch trará visual escurecido, com grade, emblemas e rodas na cor preta. Na traseira, terá aerofólio proeminente e spoilers no para-choque, como mostra o flagra. Por dentro, bancos receberão o emblema da versão e o volante terá costuras em couro vermelho. O mesmo tom também será usado nas molduras das saídas do ar-condicionado. Apesar do visual “nervoso”, não espere por mudanças mecânicas: motor será o mesmo 1.0 de 116 cv das versões já em linha. Ao menos o câmbio será o manual de seis marchas, para alentos dos entusiastas.

O que é? Nova versão
Quando chega? Primeiro semestre
Quanto vai custar? R$ 70 mil (estimado)

Chevrolet Blazer XL

Desenvolvido para o mercado chinês, o Chevrolet Blazer XL é uma versão alongada do Blazer, o SUV com visual de Camaro vendido nos EUA. Com 4,99 m de comprimento, o modelo chegará por aqui para ser uma opção mais requintada e esportiva ao Trailblazer – que possui estrutura de carroceria sobre chassi, ao contrário do conjunto monobloco do Blazer XL. Na China, motor é um 2.0 turbo de 236 cv e 35,7 kgfm, associado a um câmbio automático de 9 marchas.

O que é? Modelo inédito
Quando chega? Último trimestre
Quanto vai custar? R$ 200 mil (estimado)

Citroën C5 Aircross

Irmão de plataforma do Peugeot 3008, o Citroën C5 Aircross marcará a entrada da fabricante do duplo Chevron na disputa dos SUVs médios. Com visual que mescla elementos do C3 europeu e do C4 Cactus, o C5 Aircross possui 4,50 m de comprimento, 1,84 m de largura e 1,67 m de altura. Na cabine, destaque para o quadro de instrumentos digital com tela de 12,3”, multimídia de 8” e bancos traseiros individuais. Motor da versão vendida por aqui será o conhecido 1.6 THP de 165 cv, somente a gasolina.

O que é? Modelo inédito
Quando chega? Primeiro semestre
Quanto vai custar? R$ 150 mil (est.)

Fiat Strada projeção

Projeção: João Kleber Amaral

Fiat Strada

Derivada do projeto do primeiro Palio, de 1996, a atual Strada tem prazo de validade: 2022, quando será obrigatória a adoção de controle de estabilidade em todos os zero-quilômetro. Por isso, a Fiat prepara uma nova geração da picape, que deverá estrear no segundo trimestre de 2020. Esta nova geração tem como ponto de partida o Mobi, com o qual a picape compartilhará a estrutura dianteira e portas, além do para-brisa. A nova Strada terá versões cabine simples e dupla, esta última com quatro portas e capacidade para cinco ocupantes pela primeira vez na história do modelo. Versões de entrada manterão o já conhecido motor 1.4 Fire de 88 cv, enquanto as mais caras adotarão o 1.3 Firefly de 109 cv. Inicialmente, o câmbio manual de cinco marchas será a única opção disponível. Mas a FCA trabalha em uma inédita caixa CVT para o motor 1.3.

O que é? Nova geração
Quando chega? Segundo trimestre
Quanto vai custar? R$ 60 mil (estimado)

Honda Fit

Apresentada no último Salão de Tóquio, no Japão, a quarta geração do Honda Fit volta a apostar nos traços arredondados que marcaram a primeira linhagem. A dianteira é o ponto mais polêmico, graças aos faróis em formato de amêndoa e à grade bastante pronunciada. A traseira, por sua vez, abandonou as lanternas verticais para adotar conjunto horizontal. Na cabine, destaque para o inédito volante de dois raios e quadro de instrumentos com tela digital. Na mecânica, o Fit produzido em Itirapina (SP) deverá trocar o 1.5 flex de 116 cv por um novo 1.0 turbo com potência próxima dos 130 cv. O câmbio continuará o CVT com simulação de sete marchas.

O que é? Nova geração
Quando chega? Último trimestre
Quanto vai custar? R$ 80 mil (est.)

Ford Territory

A Ford confirmou a chegada do Territory para o primeiro semestre de 2020. Baseado no chinês JMC Yusheng S330, o SUV possui porte de Jeep Compass e apostará na tecnologia embarcada para brigar com os utilitários médios. Entre os itens, trará câmera 360º, controle de cruzeiro adaptativo, sistema de estacionamento automático, alerta de permanência em faixa e monitoramento de pontos cegos. Na China, o Territory possui motor 1.5 turbo de 145 cv e câmbio CVT. Por aqui, deverá adotar sistema flex.

O que é? Modelo inédito
Quando chega? Primeiro semestre
Quanto vai custar? R$ 120 mil (estimado)

Jaguar F-Type

Recém-atualizado na Europa, o F-Type com novo visual chegará ao Brasil no segundo trimestre. A dianteira ganhou novo para-choque e trocou os faróis verticais por peças horizontais e mais afiladas. Na traseira, para-choque e lanternas trazem visual inspirado no elétrico I-Pace. Disponível nas carrocerias cupê e conversível, o F-Type manterá as opções 2.0 de quatro cilindros e 300 cv, 3.0 V6 de 380 cv e 5.0 V8 de 450 cv.

O que é? Reestilização
Quando chega? Segundo trimestre
Quanto vai custar? R$ 360 mil (est.)

Kia Seltos

Cravar a data de chegada de modelos da Kia no Brasil é um desafio, vide as eternas promessas não cumpridas da marca com a chegada do hatch compacto Rio. Desta vez, porém, o importador oficial promete trazer um SUV compacto para competir com Honda HR-V, Nissan Kicks e cia. A escolha deverá recair sobre o recém-apresentado Seltos, considerado a nova geração do antigo Kia KX3 (irmão de projeto do Creta). Na Coreia do Sul, o Seltos possui duas opções de motor: 2.0 aspirado de 149 cv (câmbio automático de seis marchas) e 1.6 turbo de 177 cv (dupla embreagem e sete marchas). O modelo a ser vendido por aqui será trazido da nova fábrica da marca no México.

O que é? Modelo inédito
Quando chega? Último trimestre
Quanto vai custar? R$ 90 mil (est.)

Land Rover Defender

A nova geração do icônico Defender surgiu no Salão de Frankfurt, em setembro, cerca de três anos após o fim da produção do primeiro modelo. Ele mantém as opções de carroceria de duas (batizada de 90) e quatro portas (110), em cinco versões: S, SE, HSE, First Edition e X. O monobloco é de alumínio, o mais resistente já produzido pela marca. São quatro opções de motores, duas a diesel e duas a gasolina (sendo uma híbrida), com potências entre 200 cv e 400 cv.

O que é? Nova geração
Quando chega? Segundo semestre
Quanto vai custar? R$ 350 mil (est.)

Mercedes-Benz GLB 35

Mercedes-Benz GLB

O GLB é o sucessor espiritual do antigo GLK, marcado pela carroceria no estilo mais “quadrado”. O modelo mais novo, entretanto, é capaz de levar sete ocupantes e será posicionado entre o GLA (que também será renovado em 2020) e o GLC. Na Europa, o GLB possui motores 1.3 turbo de 136 cv e 2.0 turbo de 224 cv, além do esportivo GLB 35, de 306 cv.

O que é? Modelo inédito
Quando chega? Primeiro semestre
Quanto vai custar? R$ 200 mil (est.)

Mitsubishi ASX

Lançado mundialmente há 9 anos, o Mitsubishi ASX irá ganhar cara nova, mas ainda sem mudar de geração. A terceira reestilização do SUV compacto traz forte inspiração no “irmão” Eclipse Cross, com o qual compartilha a plataforma. Na dianteira, o ASX traz conjunto ótico dividido em dois “andares”, capô elevado e grade com dois frisos cromados. Na traseira, as mudanças foram mais sutis, com novo desenho interno das lanternas em LED e para-choque redesenhado. Na cabine, a única novidade está na central multimídia, que agora traz tela maior, de 8 polegadas (antes, o visor tinha 7 pol.). Atualmente, o ASX parte de R$ 104.990 na versão 4×2 e chega a R$ 130.990 na configuração AWD com teto solar. O motor 2.0 flex de 170 cv e 23 kgfm de torque (com etanol) será mantido, assim como o câmbio automático do tipo CVT.

O que é? Reestilização
Quando chega? Segundo semestre
Quanto vai custar? R$ 110 mil (est.)

Nissan Versa

Visual não é o ponto forte do atual Versa, mas isso irá mudar com a chegada da nova geração. Típica mudança da água para o vinho, o sedã deixou de lado as formas arredondadas e desconexas entre dianteira e traseira para beber da mesma fonte de estilo de Leaf e Kicks. O três-volumes ganhou quatro centímetros no comprimento (4,53 metros) e 4,5 cm na largura. O entre-eixos passou de 2,60 m para 2,62 m. Produzida no México, a nova geração deverá ter o mesmo conjunto do Kicks, com motor 1.6 flex de 114 cv e câmbio CVT.

O que é? Nova geração
Quando chega? Primeiro semestre
Quanto vai custar? R$ 70 mil (estimado)

Peugeot 208

A segunda geração do Peugeot 208 rompe completamente com as formas do modelo anterior. Os faróis trazem luzes de rodagem diurna em LED que simulam as garras de um felino, enquanto a traseira repete o mesmo tema nas lanternas, interligadas por uma barra na cor preta. A cabine bebe da mesma fonte do SUV 3008, com quadro de instrumentos digital, botões estilo aviação e alavanca de câmbio do tipo joystick. O motor 1.2 Puretech aspirado, de 90 cv, será mantido. A novidade será o 1.2 turbo, com potência estimada em 130 cv. Preços deverão ficar entre R$ 55 mil e R$ 75 mil para brigar com Volkswagen Polo, Fiat Argo e Chevrolet Onix.

O que é? Nova geração
Quando chega? Primeiro semestre
Quanto vai custar? R$ 55 mil (estimado)

Renault Duster

Construída na mesma plataforma do modelo atual, a segunda geração do Renault Duster traz novas estamparias para portas, capô e tampa do porta-malas. A coluna do para-brisa foi avançada em 10 cm para ampliar a sensação de espaço na cabine, que também foi reformulada por completo. O volante será o mesmo usado em Logan e Sandero reestilizados. Já a central multimídia será inédita, com tela maior e novos recursos. Por aqui, o motor 1.6 SCe de 120 cv deverá ser mantido, com opções de câmbio manual e CVT. Já o 2.0 será substituído em um segundo momento do lançamento por um 1.3 turbo de 150 cv.

O que é? Nova geração
Quando chega? Segundo semestre
Quanto vai custar? R$ 80 mil (estimado)

Volkswagen Tarek

Conhecido na China como Tharu, o Vokswagen Tarek será feito na Argentina e deverá contar com o mesmo 1.4 TSI flex de 150 cv do T-Cross Highline. Ele ocupará a faixa de R$ 125 mil onde hoje está o Tiguan de cinco lugares. O segredo para o preço menor do Tarek pode estar na adoção de recursos mais baratos, como câmbio automático convencional e suspensão traseira por eixo de torção nas versões básicas (enquanto o Tiguan adota DSG e multibraço, respectivamente). O Tarek tem 4.453 mm de comprimento, 1.841 mm de largura, 1.632 mm de altura e 2.680 mm de distância entre eixos. Para efeito de comparação, ele é 37 mm mais comprido que um Compass, porém 248 mm mais curto que um Tiguan Allspace.

O que é? Modelo inédito
Quando chega? Último trimestre
Quanto vai custar? R$ 125 mil (estimado)

VW Nivus projeção

Projeção: João Kleber Amaral

Volkswagen Nivus

A Volkswagen promete inaugurar um novo segmento com a chegada do Nivus, espécie de crossover com estilo cupê baseado no Polo. O inédito modelo será produzido em São Bernardo do Campo (SP) e terá inicialmente somente opção do motor 200 TSI de 128 cv e câmbio automático de seis marchas. O modelo terá molduras plásticas nas caixas de roda, rack no teto e rodas de 17 polegadas. Na traseira, as lanternas terão arranjo semelhante ao T-Cross, mas a seção que invade a tampa também será iluminada por LEDs. O Nivus terá ainda itens já conhecidos da família Polo, como quadro de instrumentos digital, botão de partida e multimídia de 8 polegadas.

O que é? Modelo inédito
Quando chega? Segundo trimestre
Quanto vai custar? R$ 75 mil (estimado)

FONTE: https://revistacarro.com.br/os-25-lancamentos-mais-aguardados-de-2020/

5 de fevereiro de 2020
Leave a Reply

Back to top
WhatsApp chat